Blog do Marcial Lima - Voz e Vez

domingo, 15 de setembro de 2019

Polícia Civil prende grupo criminoso especializado em “saidinha bancária”

Uma ação da Força-Tarefa da Polícia Civil, em combate direto contra a criminalidade, resultou em ponto positivo, na tarde da última sexta-feira (13), em que foram presos suspeitos de praticarem o crime de “saidinha bancária” na capital maranhense. A operação, coordenada pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), o 4º DP, com apoio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), prendeu, em flagrante, quatro criminosos.

Os acusados, presos pela SPCC 4º DP e a DRF, são integrantes de associação criminosa, especializada na modalidade de roubo, conhecida vulgarmente como “saidinha bancária”. De acordo com o superintendente da SPCC, delegado Carlos Alessandro, “as prisões decorreram de investigações voltadas a essa modalidade delituosa, um vez que os indivíduos são suspeitos de praticarem vários crimes de mesma natureza na capital maranhense. Após as investigações, o grupo foi identificado e preso”, ponderou o delegado.

O superintendente da Capital afirmou, ainda, que, durante a operação, foram presos os criminosos: Rafael Anderson da Silva Pereira, residindo no Pará; Erivaldo Alves Felix, do Ceará; Ivando Pereira da Silva, do Pará; e Eduardo Alan da Costa e Silva, também do Pará.

Durante a prisão, os policiais encontraram, com eles, uma pistola, de calibre 380, da marca Taurus. De acordo com as investigações, fora descoberto que a arma estava sendo empregada durante os delitos praticados. Outra afirmação do delegado Carlos Alessandro é que os criminosos investigados e presos são suspeitos de praticarem roubos também nos Estados do Ceará e do Pará.

Rafael Anderson da Silva seria o líder do grupo criminoso. Ele possui um mandado de prisão em decorrência de condenação definitiva, advindo do Estado do Pará, pela prática do crime de roubo qualificado.

Nas investigações realizadas, o superintendente da SPCC ressaltou que várias vítimas já identificaram os autores pelas práticas de crime de roubo, realizado nesta capital.

Após os trabalhos policiais e as formalidades, eles foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerão à disposição da Justiça.

(Informações da SSP-MA)

Polícia Militar prende dois acusados por assaltos a coletivos e apreende adolescente infrator

Ações preventivas da Policia Militar, por meio do Cpam 2, com a ação do 13º Batalhão da PM, resultaram, na última sexta-feira (13), em duas prisões e em uma apreensão. Os suspeitos estavam usando armas brancas. As duas prisões aconteceram em locais diferentes. Os dois presos são Fabricio Costa Diniz e Cássio Lima da Silva. Na ocasião, houve a apreensão de um adolescente infrator.

A primeira prisão aconteceu por causa de uma tentativa de roubo, realizada por Fabricio Costa Diniz, 31 anos. Ele foi flagrado por volta das 16 horas, nas proximidades do Condomínio Amaral de Matos e do Shopping Pátio Norte.

 Durante rondas da Polícia Militar, com a Malha Tropical, a equipe policial fora acionada por populares, o quais dominaram um suspeito de ter realizado um assalto a um ônibus de prefixo 371524 (Linha Maiobão/João Paulo), onde o acusado teria subtraiu o celular da cobradora, após não lograr êxito em pegar o dinheiro do coletivo. Na sequência, com a revista dos policiais, foram encontrados, com o conduzido, uma arma branca e um celular J5, da marca Sansung.

Posteriormente, o suspeito foi levado ao Hospital Socorrão 2 para avaliação médica e primeiros socorros devido às lesões que adquirira durante a tentativa de fuga do local e tentativa de linchamento por populares não identificados.

Após os procedimentos, o acusado foi apresentado na Delegacia do Maiobão, para serem tomadas as providências cabíveis.

Mais prisões pela Polícia Militar por assaltos a coletivos

A outra ação da Polícia Militar, por meio do Cpam 2, com a ação do 13º Batalhão da PM, aconteceu na última sexta-feira (13), por volta das 21 horas, contra o acusado Cássio Lima da Silva, de 20 anos, e de um adolescente infrator, de 15 anos. Eles estavam no interior de um coletivo, na MA-201, em São José de Ribamar, de posse de uma arma branca.

As informações, acerca da ação da Polícia Militar contra os acusados, são de que a equipe da polícia fora avisada, via Ciops, de que havia dois suspeitos dentro do ônibus de prefixo 39008, que faz linha Ribamar/Terminal Cohab. De imediato, os militares interceptaram o coletivo na MA-201, onde, durante a revista pessoal nos passageiros, foi encontrado, com os dois suspeitos, a arma branca. O que estava com a arma declinou que iria assaltar com seu comparsa.

Diante dos fatos, os indivíduos foram apresentados na Delegacia do Bairro do Maiobão, sem lesões corporais, para a tomada das medidas cabíveis.

A Polícia Militar da região da Cpam 2 e do 13º BPM disponibilizam o contato por meio do WhatsApp: 991452883. O seu anonimato será preservado.

(Informações da SSP-MA)

sábado, 14 de setembro de 2019

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto a banco no Bairro do Vinhais

A Polícia Militar do Maranhão, por meio do 8º BPM, conseguiu prender, na noite dessa sexta-feira (13), Anderson Fernando Demétrio dos Reis, 31 anos, suspeito de integrar uma quadrilha especializada em assaltar instituições financeiras nos Estados de São Paulo, Pernambuco e Minas Gerais.

Uma equipe do Grupo Tático Móvel (GTM) realizava rondas na região da Estrada Velha do Vinhais, quando avistou um veículo nas proximidades da residência de um indivíduo investigado pelas autoridades policiais, conhecido como Júnior Flecha. Segundo a Polícia Militar, ao perceber a aproximação do veículo policial, o criminoso se evadiu em direção a um matagal.

No interior do veículo, os policiais conseguiram deter Anderson dos Reis, havendo necessidade de consultar o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Após a verificação, foi constatada a existência de uma mandado de prisão em aberto contra o indivíduo.

O caso foi encaminhado ao Plantão de Polícia Civil das Cajazeiras, onde Anderson dos Reis confirmou que tinha passagem por assalto a banco e que tinha envolvimento com uma quadrilha de assaltantes de banco interestadual.

(Informações da SSP-MA)

Polícia Civil prende dupla suspeita de praticar assalto a uma igreja na região do Vinhais

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da capital e trabalho do 4º Distrito Policial do Vinhais, deu cumprimento, na manhã da última quinta-feira (12), ao mandado de prisão, expedido pela Central de Inquéritos, contra Drianne Iris Regis dos Anjos dos Santos e Cleysson Boas.

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, os presos são acusados de terem participado de um roubo a uma igreja do Cohafuma, em São Luís, durante reunião de Narcóticos Anônimos, no dia 21 de maio deste ano.

Após a adoção dos procedimentos policiais de praxe na sede da delegacia, a dupla foi encaminhada ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.

(Informações da SSP-MA)

Audiência Pública vai debater situação do Centro de Atenção Integral à Pessoa Idosa

Uma audiência pública será realizada nesta segunda-feira (16) para debater o acolhimento, tratamento e o funcionamento do Centro de Atenção Integral à Pessoa Idosa (Caisi), localizado no Sítio Leal, Filipinho. O evento ocorrerá às 8h, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Maranhão (OAB-MA), no Bairro do Calhau.

O encontro foi proposto por meio de um requerimento idealizado pelo vereador Marcial Lima (PRTB), após uma inspeção no Caisi.  

Segundo o parlamentar, falta estrutura adequada para atender os idosos, além da falta de alguns especialistas permanentes no local.

“A Câmara Municipal de São Luís, o Ministério Público e a OAB já inspecionaram o centro. A visita desses órgãos serviu como embasamento para discutirmos o tema e apresentarmos uma proposta para que a prefeitura possa melhorar a situação do Caisi”, disse.

A audiência pública contará com a participação da Câmara Municipal, OAB-MA, Ministério Público do Maranhão (M-MA) e todos os conselhos que atuam na defesa da pessoa idosa, além da sociedade civil.

O quê? Audiência pública para debater o funcionamento do Centro de Atenção Integral à Pessoa Idosa (Caisi).

Onde? Sede da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Maranhão, no Bairro do Calhau.

Quando? Segunda-feira, dia 16 de setembro, às 8h.

Tributo ao Rei do Baião: Trio Nordestino homenageará Luiz Gonxaga no próximo dia 21 de setembro

Saudações gonzaguianas!!!

Nação Forrozeira,

No próximo dia 21 de setembro, haverá mais uma prévia do Tributo ao Rei do Baião. Dessa vez, com o Trio Nordestino e grupos locais.

Será uma tarde e noite de solidariedade e de forró na Choperia Marcelo (Forquilha). A entrada (ingresso) dos forrozeiros se dará por meio de dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão destinados a instituições que beneficiam pessoas carentes em São Luís.

O evento começará às 16h30, com as seguintes atrações: Seu Raimundinho e o “Forró Pé no Chão”, grupo âncora do palco que receberá vários trios de forró da capital maranhense.

O Tributo ao Rei do Baião é o maior evento do autêntico forró do Estado do Maranhão e já é conhecido nacionalmente. As prévias são momentos que antecipam a homenagem a Luiz Gonzaga, que, este ano, ocorrerá no dia 7 de dezembro.

Na festa do dia 21 de setembro, o Trio Nordestino promoverá um resgate das grandes canções que marcam a história da música nordestina.

Todos os simpatizantes da boa música estão convidados. 

Participe!

Um abraço!!!

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Em Timon, operação prende envolvidos em esquema de sonegação fiscal no Ceará

O Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão participou, na manhã desta sexta-feira (13), de uma operação que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão em Timon. A atuação deu suporte a uma operação desencadeada pelo Ministério Público do Ceará e que, também, foi realizada em Teresina (PI).

Em Timon, duas pessoas foram presas, e mandados de busca e apreensão foram cumpridos em um escritório de contabilidade, durante a manhã. Os envolvidos estão sendo ouvidos pelo Grupo Interinstitucional de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária (Grincot) do MPPI e pelo titular da Promotoria de Justiça Regional Especializada na Defesa da Ordem Tributária e Econômica de Timon, Giovanni Papini Cavalcanti Moreira.

A Operação Aluminum apura o desenvolvimento de agentes públicos e contadores em um esquema de sonegação fiscal liderado por uma empresa sediada em Jaguaribe, cidade do interior do Ceará. As fraudes teriam resultado na sonegação de, pelo menos, R$ 520 milhões aos cofres do Estado do Ceará e da União.

As investigações realizadas até agora, no entanto, apontam que o esquema de sonegação pode ter chegado a outros Estados, o que resultaria em um dano ainda maior aos cofres públicos.

(Informações do MP-MA)

Polícia Federal inicia 2ª fase da Operação Pacificação

A Polícia Federal iniciou, nesta sexta-feira (13/9), a Operação Pacificação para dar continuidade à investigação referente aos roubos das agências dos Correios das cidades de Serra da Raiz (PB), em 6/6/2018, e Dona Inês (PB), em 28/6/2018.

A operação contou com a participação de 10 policiais federais, sendo realizado o cumprimento de três mandados de busca e apreensão em residências na cidade de Belém (PB). A ordem foi expedida pelo juiz federal da Vara de Guarabira (PB), após deliberação por parte do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, na cidade de Recife (PE).

A Polícia Federal já havia cumprido mandado de prisão preventiva contra um dos indiciados, em 28/6/2019, dentro da mesma investigação, sendo essa fase chamada Operação Pacificação. Outro indiciado, entretanto, continuava foragido, sendo que um dos objetivos da PF na data de hoje foi o de localizá-lo.

(Informações da PF)

Polícia Federal incinera entorpecentes em Santa Catarina

A Polícia Federal realizou nessa quinta-feira (12/9), na Usina de Cogeração da Engie em Lages (SC), a incineração de substâncias entorpecentes.

Foram incinerados, com a devida autorização judicial, um total de cerca de 3,5 toneladas de entorpecentes, incluindo cocaína, crack, ecstasy, maconha, haxixe e LSD, montante que é resultado de apreensões realizadas pelas unidades da instituição em Santa Catarina, muitas das quais com apoio da Receita Federal, especialmente aquelas efetivadas em portos do Estado.

(Informações da PF)

Polícia Federal prende duas pessoas em Porto Velho (RO)

A Polícia Federal realizou, nessa quinta-feira (12/9), a prisão de dois indivíduos na agência dos Correios na capital de Rondônia.

As investigações se iniciaram no último dia 6, quando a dupla identificada postou, na mesma agência, cinco caixas contendo material entorpecente, totalizando cerca de 15kg.

Na data de ontem, policiais que estavam na agência dos Correios buscando informações para a investigação avistaram os suspeitos tentando postar mais quatro caixas com o mesmo conteúdo. Nesse momento foi dada a voz de prisão em flagrante, e os indivíduos levados à sede da Polícia Federal para a lavratura do auto.

Após os procedimentos de rotina, os detidos foram encaminhados ao sistema prisional estadual, onde permanecerão à disposição da Justiça.

(Informações da PF)

Polícia Federal e Receita combatem o tráfico de drogas no Aeroporto de São Paulo

A Polícia Federal prendeu entre os dias 11 e 12/9, no Aeroporto Internacional de São Paulo, cinco passageiros de voos internacionais com droga engolida, na forma de cápsulas, e ocultas dentro das bagagens.

Policiais federais entrevistaram, na segunda-feira (9), dois passageiros, de 32 e 25 anos, que foram inadmitidos ao tentarem desembarcar em Lisboa, Portugal, e estavam retornando ao Brasil. Os homens confessaram aos policiais que estavam com cápsulas, contendo cocaína, dentro dos seus estômagos e que temiam pelas suas vidas. Eles foram conduzidos ao hospital público e expeliram, na quarta-feira (11/9), a droga, recebendo voz de prisão.

Já nessa quinta-feira (12/9), a equipe do K9 da Receita Federal, em fiscalização de rotina no porão de bagagens despachadas para voo com destino a Addis Ababa, na Etiópia, após a indicação do cão de faro, submeteu a mala suspeita ao raio-X. Nela, foi verificada a existência de substância orgânica dentro de diversos objetos. A PF foi acionada e, em sede policial, foram realizados os exames periciais constatando um total de mais de 6kg de cocaína, ocultos dentro de 37 placas plásticas. O suspeito, nacional da Nigéria, de 30 anos e portador de Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), recebeu voz de prisão por tráfico internacional de drogas.

Em outra ocorrência, nos canais de inspeção da Receita Federal, resultou na prisão de um casal de brasileiros residentes em Curitiba, Paraná. Eles portavam quase 10kg de metanfetamina, dentro de fundos falsos de suas malas. Os servidores da Receita encontraram a substância com o auxílio do raio-X, momento em que acionaram a PF, que realizou os exames periciais. O casal foi preso em flagrante. após ficar comprovado que se tratava de droga sintética.

Os presos serão conduzidos aos presídios estaduais, onde permanecerão à disposição da Justiça.

(Informações da PF)

Polícia Federal combate tráfico de drogas na região de Santo Ângelo (RS)

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Brigada Militar e a Polícia Civil, iniciou, nessa quinta-feira (12/9), a Operação Hypnos, que investiga grupo criminoso especializado no tráfico de drogas. Aproximadamente, 28 policiais federais, 24 policiais militares e seis policiais civis cumpriram 13 mandados de busca e apreensão no município de Santo Ângelo.

A apuração, iniciada em novembro de 2018, aponta um esquema de distribuição de drogas em diversos bairros da cidade de Santo Ângelo e região. Durante a investigação, foram realizadas diversas apreensões de entorpecentes.

No cumprimento dos mandados de busca, as equipes policiais apreenderam drogas, dinheiro, celulares e arma.

As investigações ainda estão em andamento, e os suspeitos poderão responder por crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

(Informações da PF)

Polícia Federal combate crimes contra o meio ambiente

Nessa quinta-feira (12/9), a Polícia Federal, em conjunto com a Polícia Militar Ambiental de Barbacena e a Agência Nacional de Mineração, atuou para combater crimes contra o meio ambiente e de usurpação de patrimônio da União.

A empresa, que realizava a mineração ilegal de ouro, havia disposto três balsas ao longo de, aproximadamente, dois quilômetros do leito do Rio Grande, em área pertencente ao município de Santana do Garambéu (MG). O proprietário da empresa não foi encontrado no local. Os operadores das máquinas e os mergulhadores foram ouvidos e liberados.

As investigações terão seguimento, para identificar o montante de mineral extraído, a extensão da degradação, a responsabilidade do proprietário e o envolvimento de outras pessoas.

Os envolvidos estão sujeitos a seis anos de detenção, caso sejam condenados.

(Informações da PF)

Polícia Federal apreende 3,5 toneladas de maconha em Mato Grosso do Sul

A Polícia Federal apreendeu, na última quarta-feira (12/9), um veículo com placa de Recife (PE) e outro com placa de Praia Grande (SP), contendo, aproximadamente, 3.500kg de maconha.

Ao realizarem patrulhamento pela MS-295, próximo ao município de Iguatemi, policiais federais avistaram os veículos trafegando em alta velocidade. Diante disso, deram ordem de parada, que foi desrespeitada pelos criminosos, tendo se iniciado, então, acompanhamento tático pela rodovia.

A perseguição somente teve fim quando os motoristas lançaram os carros em uma mata adjacente a uma estrada vicinal, empreendo fuga em seguida.

Todo o material foi encaminhado para a Delegacia da PF em Naviraí (MS), para as pertinentes providências.

(Informações da PF)

Polícia Civil prende acusado de matar médico em 2010

Uma ação, com a participação da Policia Civil de Brasília e da Polícia Civil do Maranhão, culminou na prisão do suspeito Danielson da Silva Cutrim. O acusado foi preso na manhã dessa quinta-feira (12), por volta das 08h, por envolvimento em um crime de latrocínio em 2010. A vítima era um médico, identificado por Aderson da Costa Veloso. Na época, a vítima tinha 61 anos e morava no Jardim Eldorado, onde aconteceu o crime. Além da participação do acusado, outro suspeito teria sido preso em 2010, este identificado por Daienison de Almeida.

A prisão do acusado Danielson da Silva Cutrim, envolvido diretamente no crime de latrocínio contra o médico Aderson da Costa Veloso, teria sido iniciada pela Polícia Civil do Maranhão, resultando na prisão de Daienison de Almeida. Após a prisão do indivíduo, o autor direto do crime, Danielson da Silva Cutrim, teria se evadido e estava desaparecido. Na data de ontem (12), a Polícia de Brasília, por meio do 21º DP, realizou um contato com a Polícia Civil do Maranhão, repassando dados da procedência de Danielson da Silva Cutrim, o qual seria do Maranhão. Os policiais civis do 21º DP do Distrito Federal procuravam informações acerca da conduta do homem. Após a verificação no sistema da Polícia Civil do maranhão, fora confirmado o envolvimento dele no crime contra a vida do médico Aderson da Costa Veloso.

Os policiais de Brasília, na manhã dessa quinta-feira (12), montaram uma operação de monitoramento, culminando na prisão do indicvíduo. O acusado fora reconhecido e preso em Brasília, quando estava conduzindo uma motocicleta. Na ocasião, o acusado, ao ser abordado pelos policiais, teria apresentado uma documentação com um nome falso. Após as formalidades, o acusado deverá ser transferido para São Luís, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Crime contra a vida do médico no Jardim Eldorado

A ação criminosa, realizada no ano de 2010, no Jardim Eldorado, pelos dois acusados, contra a vida do médico Aderson da Costa Veloso, fora praticada por motivo torpe. Eles mataram a vítima para roubar. O crime aconteceu na madrugado do dia 8 de dezembro de 2010.

Após o crime, fora levado um aparelho gravador do sistema de segurança da residência; um computador; um aparelho da Skay; um aparelho de antena parabólica; um aparelho de TV, de 50 polegadas; um veículo L200 Triton; várias peças de roupas e demais objetos pessoais.

Após o crime, a polícia teria encontrado os objetos na casa de um dos envolvidos, sendo que Daienison de Almeida teria sido preso logo em seguida. Danielson da Silva Cutrim fora preso, ontem (12), pela Polícia Civil de Brasília.

(Informações da SSP-MA)