Blog do Marcial Lima - Voz e Vez

sábado, 24 de junho de 2017

Em São Luís, Polícia Civil prende suspeito de vender drogas em festas noturnas

Na manhã dessa sexta-feira (23), a Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), efetuou a prisão, no Cohatrac, de Adriano do Vale Alcoforado, conhecido como Adriano Boy, suspeito de vender entorpecentes em São Luís.

De acordo com o delegado Valdenor Viegas, a prisão teve como base informações enviadas pelo aplicativo WhatsApp, relatando que Adriano estaria vendendo drogas em vários pontos, principalmente em festas noturnas de São Luís.

A prisão se deu no exato momento em que o suspeito saía da residência dele. De imediato, foi feita uma busca no interior do veículo que ele se encontrava.

Foram encontrados sete invólucros de uma substância semelhante à cocaína, oito papelotes de maconha, uma balança de precisão e cerca de R$ 178, provavelmente frutos da venda de drogas.

Devido ao fato, Adriano foi encaminhado à sede da Senarc e autuado pelo crime de tráfico de drogas.

(Informações da SSP-MA)

Foragido da Justiça, assaltante é morto em confronto com a polícia

Resultante das ações de combate às quadrilhas envolvidas no arrombamento a agências bancárias no Maranhão, as polícia Civil e Militar localizaram o criminoso Vanderluz Gomes da Silva, 31 anos, conhecido como Martelo. A ação contra o crime aconteceu no município de Santa Rita. Na abordagem, houve confronto, e o criminoso foi alvejado. Ele não resistiu aos ferimentos.

O superintendente estadual de Investigações Criminais, delegado Tiago Bardal, relatou que, após o criminoso Vanderluz Gomes ter sido localizado pela Seic, que integra a Polícia Civil, e pela equipe do Diae, da Polícia Militar, policiais realizaram o cerco contra o assaltante de banco, que estava escondido no município de Santa Rita.

Durante a ação policial, com o objetivo de recapturar o criminoso, os policiais foram recebidos por disparos de arma de fogo. No intuito de tentar fugir, Vanderluz Gomes efetuou disparos contra os policiais, mas, logo em seguida, foi contido, ao ser alvejado por um disparo de arma de fogo.

Vanderluz Gomes, que é natural de Goiânia, foi, ainda, encaminhado ao hospital local, mas não teria resistido aos ferimentos. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38, quatro projéteis, sendo três deflagrados e um intacto, e um celular.

Foragido com extensa ficha criminal

O delegado Tiago Bardal, que responde pela Seic, adiantou que “Vanderluz Gomes, o Martelo, possuí extensa ficha criminal por roubo a banco nos Estados do Maranhão, Piauí e Tocantins, bem como é um dos presos que fora resgatado no dia 21/5/2017, do Centro de Detenção Provisória, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas”.

A respeito dessa fuga, realizada no presídio de São Luís, o delegado Tiago Bardal explicou que, “dos 36 presos resgatados, agora registramos: 7 foragidos mortos; 17 internos recapturados, restando, ainda, 12 internos, que estão foragidos da Justiça, mas continuam procurados pela polícia para serem recapturados”.

(Informações da SSP-MA)

Em Colinas, as polícias Civil e Militar prendem suspeito de ter roubado Casa Lotérica

Durante um trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar do Maranhão, realizado na última quinta-feira (22), resultou na prisão de Marcegiano Barroso de Sousa, suspeito de cometer um assalto a uma Casa Lotérica da cidade de Colinas, município que fica à 437km da capital maranhense, São Luís.

A prisão foi coordenada pelo delegado Rildo Portela, informando que o assalto aconteceu na mesma data. Marcegiano e um adolescente, que se encontra foragido, teriam assaltado a instituição financeira em posse de arma de fogo e subtraído cerca de R$ 20 mil.

De imediato, as polícias deram início às diligências no intuito de prender os envolvidos, tendo êxito na prisão de Marcegiano. Além do dinheiro, a polícia ainda encontrou, em posse do suspeito, um tablete de uma substância similar à maconha.

Na delegacia, Marcegiano prestou depoimento, sendo autuado pelos crimes de roubo majorado, tráfico de entorpecentes e corrupção de menores. Ainda segundo o delegado, o suspeito praticou um assalto à Casa Lotérica da cidade de Paraibano em abril deste ano.

(Informações da SSP-MA)

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Ex-prefeito de Cachoeira Grande é preso em Operação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Maranhão, em um trabalho conjunto com o Ministério Público, deu início, na manhã desta sexta-feira (23), a uma operação para desarticular uma associação criminosa suspeita de desviar dinheiro público da cidade de Cachoeira Grande. Como resultado da ação, foram presos o ex-prefeito da cidade Francivaldo Vasconcelos Sousa Filho e o filho dele, Alexandre Vasconcelos Oliveira Sousa.

Durante uma coletiva de imprensa, realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), as autoridades que coordenaram a operação informaram que as prisões resultaram de medidas judiciais de investigações da Polícia Civil e pelo Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) que apontaram os crimes de superfaturamento, fraudes em licitações, desvios de verbas públicas e improbidade administrativa de 2013 a 2016.

Segundo o delegado da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor), Ricardo Moura, as investigações tiveram como base informações de servidores públicos de Cachoeira Grande, que foram encaminhadas à Promotoria de Justiça da cidade de Morros para serem apuradas. Após apuração do fato, a Polícia Civil descobriu que o esquema era bem organizado com a existência de um livro de controle dos desvios.

Ainda de acordo com o delegado, foram constatados dois contratos com indícios de superfaturamento. O primeiro era firmado com a empresa Habitat, responsável em administrar condomínios. O livro-caixa da empresa contém inúmeros pagamentos de ‘honorários’ à Prefeitura de Cachoeira Grande. Mas, de acordo com fontes fidedignas, esses repasses revelam um esquema fraudulento entre a empresa e o município. Os valores generosos variam entre R$ 45 mil e R$ 120 mil.

A empresa Habitat ganhou um contrato fora dos padrões em 2012 para prestar serviços de limpeza interna e externa nos prédios públicos municipais, pelo prazo de 12 meses. No entanto, nunca realizou uma limpeza nos locais. Pela prestação de serviço, a empresa ganhou a absurda quantia de R$ 3.119.189,04. No ano seguinte, a prefeitura assinou um termo aditivo com a empresa.

Em outra transação, as investigações descobriram um contrato com uma empresa de locação de maquinário, porém as maquinas alugadas pertenciam ao sobrinho do ex-prefeito, que se encontra foragido e que recebia cerca de R$27 mil por mês.

Estiveram presentes na coletiva o delegado-geral da Polícia Civil, Lawrence Melo, o superintendente estadual de Combate à Corrupção, Roberto Fortes, o promotor de Justiça do Gaeco, Marcos Aurélio Rodrigues, e da promotora de Justiça de Morros, Érica Éllen Beckman. A promotora disse que, atualmente, existem vários inquéritos que apuram irregularidades na administração na cidade de Cachoeira Grande na gestão do ex-prefeito Francivaldo.

Para o delegado-geral, os avanços contra esse tipo de modalidade criminosa seguem passo a passo no Maranhão. “Vamos atacar o corruptor, porque só existe o corrupto, se houver o corruptor. São criminosos que, por vantagens pessoais, comprometem a prestação de serviço para todos, seja na qualidade da saúde, educação, infraestrutura e segurança da população”, finalizou Lawrence Melo.

O ex-prefeito e o filho dele foram encaminhados ao Centro de Triagem de Pedrinhas, onde devem permanecer presos aguardado um parecer da Justiça. As investigações devem continuar visando localizar e prender os demais integrantes da associação criminosa, entre eles, o contador do ex parlamentar, Pedro Silva dos Santos.

(Informações da SSP-MA)

Durante velório do companheiro, comerciante se mata em Vitorino Freire

O professor Mizalves Alves, de 41 anos de idade, morreu no início da noite dessa quinta-feira (22), após sofrer um infarto fulminante no município de Vitorino Freire, onde lecionava e residia.

Durante o velório, já por volta das 2 horas da madrugada desta sexta-feira (23), o comerciante Evanildo Almeida, conhecido como Branco da Mobiliar, de 37 anos, que mantinha um relacionamento homoafetivo com a vítima, dirigiu-se até um quarto da residência e recorreu ao suicídio disparando um tiro no peito.

Como eram pessoas bastante queridas naquela cidade, a morte dos dois causa comoção na população vitorinense. Os corpos estão sendo velados no mesmo local, na residência do comerciante.

O sepultamento ocorrerá, provavelmente, na tarde desta sexta-feira.

(Informações do blog de Sérgio Matias)

Em seis Estados, Polícia Federal combate comércio irregular de anabolizante

A Polícia Federal começa, na manhã desta sexta-feira (23), a Operação Proteína, para desarticular três grandes organizações criminosas investigadas por vender, irregularmente, anabolizantes e outras drogas, como medicamentos anorexígenos. Mais de 320 policiais federais cumprem 30 mandados de prisão e 75 de busca e apreensão nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

A Operação Proteína iniciou-se em julho de 2016 com base em informações que indicavam o comércio irregular de anabolizantes e outras substâncias ilícitas em academias, lojas de suplementos alimentares e por particulares, no município de Rio Grande. Parte da investigação resultou na Operação Black Dragon, que começou em dezembro de 2016. Paralelamente a isso, as investigações demonstraram que uma parcela do anabolizante irregular consumido em Rio Grande era fornecida por três organizações criminosas estabelecidas na cidade de São Paulo. Esses grupos eram responsáveis pela importação irregular de anabolizantes e medicamentos fabricados no Paraguai, na Argentina, na Índia e em outros países, e por sua distribuição em diversos Estados brasileiros sem o devido registro na Anvisa. Há indícios de falsificação e venda de medicamentos adulterados, como hormônios de crescimento, e de aquisição de anabolizantes no mercado interno, de forma fraudulenta, desviados para revenda clandestina.

A movimentação financeira mensal das organizações criminosas é estimada em R$ 2 milhões. Chama atenção o alto grau de estruturação dos grupos, inclusive com a participação de servidores de órgãos de segurança pública. Policiais federais, civis e militares são  investigados na Operação Proteína.

(Informações da Polícia Federal)

Em São Luís, Polícia Civil apreende produtos falsificados

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Defraudações, realizou, na manhã dessa quinta-feira (22), ações para inibir a venda de produtos falsificados em São Luís.

Após receberem informações de representantes de uma marca conhecida na cidade, a equipe começou uma varredura na região do Centro, o que conseguiu apreender réplicas de bolsas, chinelos entre outros. As pessoas responsáveis por esses estabelecimentos compareceram à delegacia para os devidos esclarecimentos.

O crime encontra-se tipificado no Artigo 190., da Lei 9.279/96, e seu apenamento é realizado conforme Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), sendo todos devidamente cientificados que suas ações infringem a lei e que, assim, responderão por seus atos.

(Informações da SSP-MA)

Polícia Civil apreende arma de fogo e cocaína em Timon

Dando continuidade às ações de combate ao tráfico de drogas em Timon, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Timon, unidade vinculada à Senarc, efetuou a prisão de Francisco de Assis Batista da Silva, conhecido como Netinho, 24 anos, quando do cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão, expedido pela 2ª Vara Criminal de Timon, para a residência do referido preso, situada na Rua 22, nº 233, bairro Cidade Nova II.

Na residência, os policiais civis acharam cocaína, balança digital de precisão, vários aparelhos de telefonia celular de origem duvidosa, um revólver calibre 38, com a numeração suprimida, cinco projéteis intactos do mesmo calibre, além de considerável quantia em dinheiro, resultante da venda de cocaína.

A equipe da Senarc em Timon já vinha realizando levantamentos da venda de cocaína no local há, aproximadamente, um mês, sendo que, nesta data, a equipe da Senarc em Timon resolveu entrar no imóvel, contando com o apoio de policiais civis lotados no 4º DP e Delegacia Regional de Homicídios de Timon (MA).

O preso foi encaminhado para a Central de Flagrantes com vistas aos procedimentos de praxe.

(Informações da SSP-MA)

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Presidente do TSE vai inaugurar o maior posto de identificação biométrica do Estado do Pará

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, estará em Belém (PA), nesta sexta-feira (23), para a inauguração do maior posto de atendimento para coleta biométrica daquele Estado. Ele, também, irá até a Ilha do Combu, onde o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) realiza a coleta de dados biométricos da população ribeirinha de maneira itinerante.

Instalado no Galpão 10 da Companhia de Docas do Pará (CPD), num prédio histórico do início do século XX, o posto foi estruturado com 50 guichês de atendimento onde os eleitores paraenses poderão recadastrar-se por ordem de chegada. Serão 150 servidores dedicados ao atendimento, trabalhando num horário diferenciado dos demais postos, das 8h às 16h. A expectativa com a criação do posto é aumentar a média diária de atendimentos em Belém para 6.000/dia – atualmente, são feitos cerca de 3.500 recadastramentos diariamente. A meta do TRE-PA é alcançar 80% do eleitorado revisado antes do fim de 2017.

No Pará, 23 municípios já tiveram a identificação biométrica concluída (Afuá, Ananindeua, Barcarena, Belterra, Bonito, Bragança, Canaã dos Carajás, Capanema, Capitão Poço, Castanhal, Curuçá, Marituba, Mojuí dos Campos, Paragominas, Parauapebas, Peixe boi, Ponta de Pedras, Primavera, Quatipuru, Santarém, São João de Pirabas, Terra Alta e Tracuateua). Um total de 1.396.992 eleitores, correspondente a 25,354% do eleitorado paraense, já votam sendo identificados pelas digitais.

Para as eleições de 2018, serão incluídos, além de Belém, mais três municípios de forma obrigatória e outros 33 de maneira eletiva. No total, serão mais 2 milhões de eleitores adicionados ao banco de dados biométricos da Justiça Eleitoral naquele pleito.

Hoje, o país conta com 50,4 milhões de cidadãos identificados pela biometria, o que corresponde a 34,4% do total do eleitorado. A meta do TSE é recadastrar todo o eleitorado brasileiro até 2022.

(Informações do TSE)

Procon-MA orienta consumidores e fornecedores em arraiais de São Luís

Festa junina é sinônimo de muita comida típica e produtos tradicionais. Mas, diante dos pratos exóticos, o consumidor deve ficar atento tanto ao preço quanto à informação nutricional e formas de pagamento. Pensando nisso, o Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon-MA) realiza esta semana mais uma edição da Operação Matraca, com fiscalização das barracas de comidas típicas nos arraiais de São Luís.

Mais de 50 barracas que vendem alimentos nos arraiais de São Luís foram vistoriadas e orientadas sobre as boas práticas no manuseio de comidas típicas e sobre os direitos do consumidor. A operação foi realizada no Arraial do Ipem (Calhau), Arraial da Vila Palmeira, Arraial Pertinho de Você (Cohama) e no Arraial da Maria Aragão (Centro).

Os fiscais verificaram as condições de condicionamento, produção e venda dos produtos alimentícios das barracas juninas, distribuíram informativos com dicas para boas relações de consumo e uma cartilha com direitos e deveres dos fornecedores, a exemplo da não obrigatoriedade do pagamento de 10% pela prestação do serviço, da não imposição de consumação mínima e de fixação de preço mínimo para uso de cartões de crédito ou débito, e outros aspectos.

Segundo o presidente do Procon-MA, Duarte Júnior, a ação preventiva é uma forma de orientar melhor os fornecedores. “Pelo terceiro ano, realizamos a Operação Matraca com o objetivo de orientar os fornecedores visando à humanização das relações de consumo e como medida preventiva para evitar que os consumidores sofram prejuízos à sua vida, saúde e segurança”, enfatizou.
Para os barraqueiros, a ação contribui na qualificação do trabalho. “Eu acho ótimo porque ensina às pessoas a maneira correta de manipular e acondicionar os alimentos… Isso é muito importante pra ficar livre de bactérias”, observou Lindalva Roxo, dona de barraca.

Os consumidores também aprovaram a Operação. “É muito bom porque nos passa segurança. A gente tem mais confiança no produto que a gente ‘tá’ consumindo”, afirmou Alessandra Sena, assistente-administrativa.

(Informações do Procon-MA)

Polícia Civil prende homicida em Paço do Lumiar

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especial de Paço do Lumiar, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor de José Raphael Rodrigues dos Santos, pelo crime de homicídio, com coparticipação de Jadson Felipe Lima dos Santos. Esse fato aconteceu no dia 5 de junho de 2017, no município.

Segundo o delegado Sidney Oliveira, a vítima foi alvejada por José Rafhael com dois disparos de arma de fogo, enquanto estava em sua residência, localizada na Av. Principal de Paço do Lumiar. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois. A motivação do crime teria sido uma discussão entre ele e um dos filhos da vítima momentos antes do delito.

O crime causou revolta nos moradores da região, pois a vítima era bastante respeitada na comunidade onde vivia. Vale ressaltar que Jadson Felipe foi preso em flagrante no dia seguinte ao crime pela Polícia Militar.

A dupla está à disposição do Poder Judiciário para as medidas de praxe.

(Informações da SSP-MA)

Marcial Lima recebe convite dos alunos da Faculdade Estácio de São Luís

Os alunos da Faculdade Estácio de Sá/São Luís do curso de Jornalismo estiveram visitando o radialista e vereador Marcial Lima (PEN) no último domingo (18). Eles vieram convidar o “Comunicador da Gente” para participar da estreia do programa “WTV Acesso” e, ao mesmo tempo, agradecer o apoio dado pelo apresentador ao projeto desenvolvido pelos acadêmicos de Comunicação.

Segundo os estudantes, “o programa ‘WTV Acesso’ é um projeto inovador e pioneiro dos alunos da Faculdade Estácio de São Luís. O objetivo é abordar os mais variados assuntos e novidades do mundo da Web e TV e, também, tem a proposta de mostrar o Maranhão de uma forma criativa com informações relevantes para a sociedade maranhense”.

Marcial agradeceu o convite e reforçou a todos os presentes a importância e a responsabilidade de ser jornalista.

O programa estreará no próximo sábado, dia 24 de junho, às 10 horas, na TV Assembleia, canal 51. Haverá reprise no domingo, às 14 horas.

MP-MA: mudanças na Diretoria das Promotorias de Justiça da Capital

O promotor de Justiça Paulo Silvestre Avelar Silva assumiu, na manhã dessa quarta-feira, 21, a Diretoria das Promotorias de Justiça da Capital. Paulo Avelar substitui Ednarg Fernandes Marques, que deixa a direção para assumir o cargo de promotor de Justiça-corregedor. O novo diretor assume as funções interinamente, por cerca de quatro meses, até o término do atual mandato.

De acordo com a regra vigente, em caso de vacância da Diretoria das Promotorias da Capital, assume o promotor de Justiça mais antigo no cargo. Os dois integrantes com maior tempo na carreira, Lize de Maria Brandão de Sá Costa e Orfileno Bezerra Neto, declinaram do cargo por causa de suas atribuições nas promotorias, sendo Paulo Avelar o terceiro mais antigo entre os promotores de Justiça de entrância final.

Durante a assinatura do termo de posse, o procurador-geral de Justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, ressaltou a experiência de Paulo Avelar e agradeceu à enorme contribuição de Ednarg Marques à frente da Diretoria das Promotorias de Justiça da Capital. Luiz Gonzaga Coelho também falou sobre o andamento das obras do prédio-sede das promotorias, que deverá ser entregue até o fim de 2017.

Ednarg Marques agradeceu pelo apoio recebido da Administração Superior nos cerca de nove meses em que esteve à frente das Promotorias da Capital, período em que teve praticamente todos os pleitos atendidos. O promotor de Justiça também falou sobre avanços implementados na Diretoria, em especial no sentido de facilitar e dar maior agilidade à resolução das demandas das promotorias de Justiça.

Paulo Avelar lembrou que volta à direção das Promotorias de Justiça da Capital 20 anos após sua última passagem pelo cargo. O promotor de Justiça agradeceu pela confiança e parabenizou Ednarg Marques pela sua gestão à frente da direção das promotorias. “Espero fazer uma gestão à altura do que vem sendo realizado, dando continuidade a esse trabalho”, enfatizou.

(Informações do MP-MA)

No bairro Isabel Cafeteira, Polícia Militar prende homem vendendo drogas com tornozeleira eletrônica

Na noite da última terça-feira (20), por volta das 20h15, a equipe do GTM da 1ª Companhia/8º BPM, prendeu Luís Carlos Gomes Júnior, 26 anos, conhecido como Ronaldinho. Ele é suspeito de praticar tráfico de drogas no bairro Isabel Cafeteira.

A equipe do GTM recebeu várias informações, por meio do Disque-Denúncia, de que um indivíduo estaria vendendo drogas por trás da Caema, no bairro Isabel Cafeteira. Ao chegar ao local indicado, os policiais avistaram uma homem em atitude suspeita e, ao ser revistado pela guarnição, foi achado com ele uma embalagem contendo um pó branco, aparentando ser cocaína.

Diante das evidências, Luís Carlos recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Plantão Central do Cohatrac. O suspeito usava tornozeleira eletrônica, que recebera em Alvará de Soltura, expedido pelo juiz do Plantão Criminal da Comarca de São Luís (MA) em 17/6/2017 de uma prisão realizada no dia 16/6/2017, em que ele foi preso pela equipe Albatroz, também da 1ª Companhia/8º BPM, sendo feito o flagrante delito nesse mesmo plantão.

Em razão dos fatos, o conduzido foi autuado, novamente, pela prática de tráfico de drogas (Artigo 33. da Lei nº 11.343/06), sendo tomadas as medidas judiciárias e providências cabíveis.

Material apreendido: um celular Samsung preto; um relógio de pulso, cor prata; cinco cédulas de dinheiro nacional, totalizando R$ 13 (treze reais); embalagem contendo cocaína.

(Informações da SSP-MA)

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Em São Luís, Polícia Militar prende suspeito com 200g de crack

A Polícia Militar, por meio da Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias (APMGD), prendeu, na tarde dessa terça-feira (20), César Roberto Santos Araújo Filho, 25 anos. Ele foi preso por tráfico de drogas na Via Expressa, nas proximidades do Sítio Santa Eulália, em São Luís.

Os policiais da APMGD, passando pelo bairro supracitado, avistaram um táxi com um passageiro em atitude suspeita. Após alguns metros de distância, foi dado a voz de parada e, ao ser revistado, encontraram, no interior do veículo, uma sacola branca com uma quantidade de, aproximadamente, 200g de substância semelhante a crack.

Diante do fato, César Filho confessou ser o responsável pela droga, sendo assim conduzido ao 4º DP/Vinhais e autuado em flagrante delito.

(Informações da SSP-MA)